ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

131 anos de Aquidauana por Rosildo Barcellos

131 anos de Aquidauana

Rosildo Barcellos

Expoaqui – Foto Ronald Regis

O turismo representa o quinto principal produto na geração de divisas em moeda estrangeira para o Brasil e disputa com a exportação de automóveis a quarta posição. O leque de turismo no Brasil é extremamente amplo passando pelo turismo de férias, o cultural, o de negócios e desportivo, além do turismo de saúde e religioso. E para que o tenhamos forte, precisamos mensurar o desejo e a necessidade de evasão ou ainda o espírito de aventura e a motivação cultural e comercial dos usuários.

Posteriormente a isso é que poderemos desenvolver uma Política de Turismo compatibilizada com os padrões estabelecidos nas várias esferas, visando a preservação e conservação dos recursos naturais, dos monumentos históricos e das manifestações culturais.É neste particular, que surge a importância do Turismo para Aquidauana ( no idioma Guaicuru – Rio Estreito) – (17.008,5 Km², fundada em 15 de agosto de 1892 – nesta época estavam um grupo de 40 pessoas e entre eles Estevão Alves Correa, Manoel Antônio Paes de Barros e Teodoro Rondon – Hoje está com com 75% de área Pantaneira). A pesca nos Rios Taquarussu, Dois Irmãos, Aquidauana e Miranda é premente e salutar. Precisamos transmutar esta história ( Aquidauana foi o primeiro município a ter energia elétrica, o primeiro cinema com tela panorâmica) e falta o turismo buscar uma forma de movimentação econômica capaz de gerar emprego, renda e receita pública, podendo efetivamente, propiciar o desenvolvimento econômico e social com foco para a exploração da diversidade cultural da região e a preservação da biodiversidade; treinando a receptividade dos trabalhadores, além de estimular o plantio de árvores nativas e fomentar a educação ambiental.

Algo que poderá dar um novo impulso na área, seria o novo acesso a cidade através da construção de um anel viário e a pavimentação da rodovia Aquidauana – Rio Verde. Há um traçado proposto que partirá do trecho próximo ao Aterro Sanitário, passando pelo conjunto habitacional Arara Azul, Jardim Aeroporto, contornando o Hospital Funrural, Aeroporto e Instituto Técnico Federal até chegar às imediações do Rancho do Pescador, na BR 262, aonde o popular”Cido” recebe a todos com a sua maravilhosa picanha na pedra e o peixe frito na hora. Tais arranjos produtivos nos colocaria no meio da rota das relações de produção da região pantaneira.

Outro fator importante é o retorno das comemorações de datas festivas. São shows de qualidade e importância nacional. Aberto pelo presidente do Sindicato Rural Paulo Ricardo Chedid e pelo prefeito de Aquidauana Odilon Ribeiro a ExpoAqui tem por objetivo a divulgação da produção rural do Munícipio e fomento à agricultura familiar. Na parte musical, tivemos a presença em 2023 do cantor Paraná, Guilherme & Santiago, Marcos & Belutti e o prata da casa Raffa e Ruan, Dentro da programação de aniversário, no próximo dia 18 será realizada Sessão Solene às 19 horas no Plenário Estevão Alves Corrêa, para entrega oficial do Título de Cidadão Aquidauanense a diversas personalidades que prestaram relevantes serviços ao Município. O evento terá transmissão através das ondas da rádio América FM 100,9. Aproveito e agradeço ao atuante vereador Anderson Meireles, ex-secretário de saúde, que indicou meu nome para ser laureado com a medalha do mérito legislativo Aquidauanense, nesta oportunidade

Por fim, buscar também a possibilidade de poder abrir espaço para a visitação equalizada do Sítio Arqueológico de Xerez – Segundo estudos, o povoado de Santiago de Xerez teria sido fundado em 1593, pelo espanhol Ruy Diaz de Guzman, apoiado por jesuítas. Nele teriam vivido em torno de 100 espanhóis e pelo menos três mil índios agregados. O Sítio arqueológico onde foram encontrados painéis com inscrições rupestres, caracterizando vestígios de grupos pré-históricos; e as 04 aldeias da etnia terena e que podem ser feitas visitações; Limão Verde, Bananal, Ypegue e

Água Branca. Ofertar importância ao setor turístico certamente fomentará uma nova perspectiva de distribuição de renda, o que beneficiará a todos.

*Articulista

COMPARTILHE AGORA MESMO