Após série de execuções, Paraguai anuncia operação na fronteira com Brasil em parceria com a PF

Por José Câmara, g1 MS

Ministro paraguaio fez o anuncio no início da tarde desta quarta (13). — Foto: Ministério do Interior do Paraguai/Reprodução

Ministro paraguaio fez o anuncio no início da tarde desta quarta (13). — Foto: Ministério do Interior do Paraguai/Reprodução

O ministro do Interior do Paraguai, Arnaldo Giuzzio Benítez, anunciou, nesta quarta-feira (13), a instalação de um “comando conjunto” entre a Polícia Federal do Brasil e as forças de segurança paraguaias. O objetivo é atuar nas região de fronteira, entre Ponta Porã, cidade brasileira que fica em Mato Grosso do Sul, e Pedro Juan Caballero, cidade do país vizinho.

Conforme dito por Benítez, o acordo com a Polícia Federal brasileira permite a instalação de um chamado “comando”, que terá como objetivo principal a troca de informações entre as autoridades policiais, militares e de inteligência dos países.

A PF, procurada pelo g1, disse que um acordo entre o órgão e o Paraguai foi firmado em julho. As ações serão feitas em conjunto, segundo a assessoria da Polícia Federal.

Após uma série de execuções em cidades próximas à fronteira entre o Brasil e Paraguai, a operação deve concentrar as forças de segurança pública no departamento de Amambay (estado paraguaio), especificamente nos municípios de Pedro Juan Caballero e Capitán Bado.

Em menos de uma semana, seis pessoas morreram na região de fronteira. Tanto a polícia paraguaia, quanto a brasileira reforçaram a segurança local.

Durante o anúncio, o ministro disse que, com a instalação do esquema de trabalho, foram incorporadas diversos profissionais das seguintes forças de segurança do Paraguai: Força Tarefa Conjunta (FTC), Secretaria Nacional Antidrogas (SENAD) e forças táticas da Polícia Nacional, como a Força Especial de Operações Policiais (FOPE) e a Força Aérea.

Não foram dados detalhes do que caberá à parte brasileira da operação, a cargo da PF. O g1 aguarda resposta do órgão.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!