ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

Ato na linha internacional reforça união entre Brasil e Paraguai

Histórica! Não é exagero começar esta matéria sem dizer que a reunião do PARLIM – Parlamento Internacional Municipal – em frente a um dos marcos internacionais que separa Ponta Porã e Pedro Juan Caballero e, com a presença do Embaixador do Paraguai no Brasil, Prefeito, Intendente, Vereadores, Consejales, Secretários Municipais, Deputados Nacionais do Paraguai, Imprensa dos dois países, não seja histórica.

O Prefeito Eduardo Campos foi assertivo quando afirmou que este ato, realizado da forma que aconteceu, é resultado da importância do PARLIM, reforça a união entre os governos dos países e coloca na mesa a discussão sobre o futuro da fronteira. “As obras estão andando e em pouco tempo, serão totalmente concluídas e o PARLIM, a Prefeitura de Ponta Porã, a Intendência de Pedro Juan Caballero e a Junta Municipal têm a obrigação de se sentar e debater sobre a responsabilidade de manutenção da revitalização da linha internacional. Essa obra será utilizada por ambas populações”, destacou Campos.

O Vereador Agnaldo Miudinho, Presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, lembrou que dias atrás uma comitiva de Ponta Porã foi até Brasília conversar com o Embaixador do Paraguai no Brasil, Juan Ángel Delgadillo Franco, para apresentar os projetos que estão em andamento, que somam mais de R$ 150 milhões de reais e que beneficiarão mais de 200 mil pessoas. “Nós fomos à Brasília, explicar um fato ocorrido por acidente e aproveitamos a receptividade do Embaixador Juan Ángel para apresentar nossos projetos. Sensível e profundo conhecedor da nossa fronteira, para nossa surpresa, ele optou por vir aqui e ver com seus próprios olhos tudo que está acontecendo. O resultado é uma reunião como esta, com forte cunho de integração e foco em debater os problemas comuns em conjunto”, afirmou Miudinho.

O Vereador Marcelino Nunes, um dos criadores do PARLIM, falou sobre a importância deste evento de hoje. “A história do PARLIM, é de lutar e manter um fórum permanente de discussão, no sentido de evitar que barreiras sejam colocadas entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. A integração entre as duas casas parlamentares, mostra o envolvimento dos Vereadores e Consejales nos problemas em comum entre as duas nações”, pontuou. Ele entregou para o Embaixador Juan Ángel um exemplar do Livro “PARLIM – Parlamento Internacional Municipal – Um Projeto de Integração”.

Intendente de Pedro Juan Caballero, Ronald Henrique Acevedo Quevedo, muito emocionado, lembrou das primeiras obras realizadas na linha internacional, no governo de Pedro Pedrossian, que trouxe asfalto e iluminação pública para toda a faixa de fronteira. “Esta linha internacional já foi chamada de terra de ninguém e hoje, temos orgulho de dizer que é a fronteira de todos. Tudo que será realizado, no final, irá fomentar o turismo de compras e passeio em nossas cidades”, finalizou.

O Embaixador do Paraguai no Brasil, Juan Ángel, recebeu o título de Cidadão Pontaporanense e um totem, que simboliza a união entre os dois povos. Já da Primeira-dama Paula Consalter Campos, Juan Ángel recebeu o Projeto Corredor Verde, a ser implementado na linha internacional.

Esta reunião do PARLIM acontece, após um acidente de obra, que derrubou dois marcos internacionais na MS 164 e acabou gerando histeria por uma minoria de pessoas mal intencionadas. Para evitar que qualquer coisa ficasse mal interpretada, o Prefeito Eduardo Campos e o Presidente da Câmara Agnaldo Miudinho foram até Brasília conversar com o Embaixador do Paraguai no Brasil, explicar o que aconteceu e pedir desculpas pelo acidente. Paralelamente, Vereadores do Brasil e Paraguai começaram as tratativas para reativar o PARLIM e resultados foi a assinatura hoje, da Carta de Intenções entre os governos brasileiros e paraguaios e a apresentação do calendário anual do PARLIM.

Nos dias em que ficou na fronteira, o Embaixador do Paraguai no Brasil, Juan Ángel percorreu a linha internacional, escolas, obras e hoje pela manhã visitou o Prefeito Eduardo Campos em seu gabinete. Ele recebeu o relato de atendimentos realizados pela saúde aos seus conterrâneos, números de alunos nas escolas, quantidade de alunos brasileiros cursando medicina e uma prévia do que está por vir.

Toda essa movimentação, mostra o comprometimento das autoridades em trazer obras que após sua conclusão trarão conforto, qualidade de vida, incentivo ao esporte, cultura e entretenimento disponíveis na linha divisória entre dois países.

* Diretoria de Comunicação

        

COMPARTILHE AGORA MESMO