ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

AVC: saiba sintomas da doença que afeta a comunicadora Luciana Oliveira


O AVC hemorrágico, também conhecido como acidente vascular cerebral hemorrágico ou derrame hemorrágico, é um tipo de acidente vascular cerebral (AVC) menos comum, mas mais grave. Nesse tipo de AVC, um vaso sanguíneo no cérebro se rompe e causa sangramento no tecido cerebral ou em torno dele.

As principais causas de um AVC hemorrágico incluem:

1. Hipertensão arterial (pressão alta) – que enfraquece as paredes dos vasos sanguíneos, tornando-os mais suscetíveis a rompimentos.
2. Aneurismas cerebrais – áreas enfraquecidas e dilatadas nos vasos sanguíneos que podem se romper.
3. Malformações arteriovenosas (MAV) – anormalidades nos vasos sanguíneos do cérebro que podem causar sangramento.
4. Uso de certos medicamentos que afetam a coagulação do sangue.

Os sintomas de um AVC hemorrágico podem ser semelhantes aos de outros tipos de AVC e podem incluir súbita dor de cabeça severa, confusão, fraqueza ou dormência em um lado do corpo, dificuldade de fala, problemas de visão e perda de consciência.

O tratamento do AVC hemorrágico é um desafio, e o foco inicial é estabilizar o paciente, controlar a pressão arterial e evitar complicações adicionais. Em alguns casos graves, a cirurgia pode ser necessária para remover o sangue acumulado ou reparar o vaso sanguíneo afetado.

É essencial reconhecer os sinais de um AVC e buscar atendimento médico imediato, pois o diagnóstico e tratamento precoces são cruciais para aumentar as chances de recuperação e reduzir a gravidade das sequelas. A reabilitação física e terapia também são essenciais para ajudar o paciente a recuperar habilidades e funções afetadas pelo AVC hemorrágico.

Luciana Oliveira permanece em coma no Hospital Regional Vale do Paraíba em Taubaté (São Paulo)

A comunicadora Luciana de Oliveira, esposa do jornalista Lile Corrêa , teve um AVC hemorrágico e permanece em coma na cidade de Taubaté em São Paulo.

No domingo dia 16 de julho de 2023, Luciana Oliveira estava no evento PHN da Canção Nova com a filha Mariana, e no Centro de Eventos teve um AVC hemorrágico foi socorrida e levada ao Posto Médico Padre Pio, após convulsões foi transferida para Santa Casa de Cachoeira Paulista, a seguir fez tomografia no Hospital de Cruzeiro. Como o caso era grave foi encaminhada ao Hospital Regional Vale do Paraíba de Taubaté, SP.
Passou por uma cirurgia, que durou 8 horas, foi operada pela equipe do Dr Fábio Carreirinha e Dr Antônio ficou entubada e permanece em coma, cuidada pela equipe da Dra Maria Aparecida. O exame da sexta-feira deu inconclusiva para morte encefálica, por isso nesta segunda-feira, dia 31 de junho, reinicia-se os protocolos para atestar morte clínica.

Solidariedade e Orações 

Recebeu a visita do esposo Lile Corrêa e filha Bruna Maria, Mariana, Matheus, Giovana Espínola, Antônio Gabriel, Magda Corrêa, Edinho Corrêa, Maria Isabel. Esta semana recebeu a visita das irmãs Neiva e Naira e sobrinha Jessica. Os amigos Roosevelt e Karita vieram de Resende no Rio de Janeiro para visitá-la. Os pais da Luciana Sadi e Iraci, irmãs Norma e Ana Kamila enviaram mensagens de áudio falando de amor para Luciana. Os amigos Sub Tenente Nilson Portes e Luciane de Caçapava acolheram à família de Luciana com amor, carinho e solidariedade.

Jornalista Lile Corrêa agradece as mensagens de solidariedade enviadas à família.

COMPARTILHE AGORA MESMO