ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

Campanha Agosto Lilás chega a Antonio João com ações históricas de conscientização e apoio às mulheres

Prefeitura, em parceria com órgãos municipais e a Polícia Militar, promove evento marcante na aldeia Ñande Ru Marangatú, destacando os direitos das mulheres e a importância do combate à violência.

Joaz Balbuena Menezes*

Uma iniciativa histórica marcou o município de Antonio João, que, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, CRAS e CREAS, com o apoio da Polícia Militar, promoveu a primeira ação da Campanha Agosto Lilás no Campestre, na Comunidade da aldeia Ñande Ru Marangatú. Essa iniciativa visa a conscientização e o apoio às mulheres, com um enfoque especial nas comunidades indígenas, onde o desconhecimento dos direitos e a vulnerabilidade podem resultar em situações de violência.

A Campanha Agosto Lilás tem como objetivo fundamental conscientizar a população sobre a importância de combater a violência doméstica e familiar contra a mulher. A ação é especialmente relevante para mulheres que muitas vezes não têm acesso às informações sobre seus direitos, o que pode deixá-las expostas a situações de risco e abuso. A campanha busca empoderar as mulheres, informando sobre os canais de denúncia e apoio disponíveis, além de promover palestras e orientações que contribuem para sua proteção.

Durante o evento na aldeia Ñande Ru Marangatú, as ações foram abrangentes e transformadoras. Palestras e orientações elucidaram os direitos das mulheres, proporcionando um espaço seguro para que as participantes pudessem aprender e compartilhar experiências. Foram fornecidas informações sobre os canais de denúncia, facilitando o acesso a ajuda em casos de violência. Além disso, a regularização de documentos como RG e Certidões de Nascimento trouxe a possibilidade de mais cidadania e acesso a direitos básicos.

A celebração do evento também não passou despercebida. A ação foi finalizada com a distribuição de pipoca e algodão doce, proporcionando um momento de alegria e confraternização. Essa abordagem holística visou não apenas informar, mas também fortalecer os laços da comunidade e promover o bem-estar das mulheres presentes.

O evento contou com a participação ativa de um grande número de mulheres da aldeia, que se envolveram nas palestras e interações, tornando a ação ainda mais significativa. Além disso, a Vereadora Inaye Lopes Kaiowa, representante indígena na Câmara Municipal, marcou presença, demonstrando o comprometimento das autoridades locais com a causa.

A Secretária de Assistência Social, Edilene Muller, expressou sua gratidão pelo apoio e colaboração de todas as equipes envolvidas, assim como pela receptividade das lideranças comunitárias. Ela enfatizou a importância do evento para a comunidade, destacando a oportunidade de conscientização e empoderamento das mulheres, que são pilares fundamentais da sociedade.

O Prefeito Marcelo Pé, emocionalmente envolvido com a causa, compartilhou sua experiência pessoal. Ele relembrou a trágica perda de uma irmã vítima de feminicídio, ressaltando como, naquela época, o assunto era negligenciado. Ele elogiou os avanços conquistados em relação aos direitos das mulheres, salientando que ainda há um longo caminho a percorrer, mas reiterando o compromisso de combater a violência e garantir o bem-estar das mulheres.

As mulheres em Mato Grosso do Sul que precisarem de apoio ou quiserem denunciar casos de violência podem entrar em contato com o Disque Denúncia Nacional, pelo número 180, ou com o Centro de Atendimento à Mulher, pelo telefone 190. Ações como a Campanha Agosto Lilás fortalecem a rede de proteção e oferecem suporte crucial para aqueles que precisam.

 

COMPARTILHE AGORA MESMO