ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

‘Como dói dizer adeus’: família se despede de estudante de medicina que morreu após capotar caminhonete

Por g1 MS — Campo Grande

Camila Brandão Compassi, a direita, com sua irmã, Bia Compassi.  — Foto: Reprodução/Redes sociais

Camila Brandão Compassi, a direita, com sua irmã, Bia Compassi. — Foto: Reprodução/Redes sociais

“Como dói dizer adeus”. Familiares da estudante de medicina Camila Brandão Compassi, de 23 anos, lamentam a perda repentina da jovem. Ela morreu após perder o controle da caminhonete que dirigia e capotar na MS-165, em Aral Moreira (MS), no domingo (2).

Camila era natural de Rondônia e estava em Mato Grosso do Sul para realizar o sonho de ser médica. A jovem estudava medicina em uma faculdade particular, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, cidade vizinha a Ponta Porã (MS).

“Minha irmã, como dói dizer adeus… Obrigada por ter existido em nossas vidas… Obrigada por ter nos dado o prazer de poder conviver com você. Te amaremos eternamente!!”, publicou irmã da vítima, Bia Compassi, em suas redes sociais.

COMPARTILHE AGORA MESMO