ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

Deputados falam sobre importância da Ponte Bioceânica ao relatarem vistoria à obra


Paulo Corrêa e Roberto Hashioka representaram a Casa de Leis ontem, em visita às obras da ponte bioceânica

Por: Christiane Mesquita   Foto: Wagner Guimarães

Paulo Corrêa abordou o assunto, relatando a visita oficial

O deputado estadual e 1º secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Paulo Corrêa (PSDB), abordou nesta manhã (20) a missão oficial de representar a Casa de Leis, durante a vistoria que aconteceu ontem às obras da Ponte Bioceânica. “Representamos a Assembleia na visita de dois ministros do Governo Federal à ponte da rota bioceânica entre Porto Murtinho e Carmello Peralta. Estivemos com o prefeito Nelson Cintra [PSDB], o nosso governador Eduardo Riedel [PSDB], o secretário da Casa Civil, Eduardo Rocha, eu e o deputado Roberto Hashioka [União], representando a Casa de Leis”, disse.

“É orgulho para nós, uma obra gigantesca, com a presença da ministra Simone Tebet e o ministro Waldez Góes, que vieram pessoalmente onde sairá a alça de acesso e já começaram a ser feitos os levantamentos topográficos e vamos ter a desapropriação da faixa de domínio, que são os 13km entre a BR-267 e a cabeceira da ponte do lado brasileiro, e haverá seis pontes em região alagada. A inauguração da maquete da ponte, em sua arquitetura final, foi um ato muito importante, dentro da nossa casa, na beira do rio, com o Governo Lula aportando praticamente o valor de outra ponte para o acesso”, registou o deputado Paulo Corrêa.

Zeca do PT é o coordenador da Frente da Rota Bioceânica

O parlamentar ainda elogiou o trabalho desempenhando pelo deputado Zeca do PT (PT). “Agradeço ao empenho do ex-governador Zeca do PT e deputado, pois as obras do lado de cá já foram retomadas, e o presidente da Energisa já divulgou que a rede trifásica está pronta, apta a ser feita a parte elétrica do lado brasileiro. São 52% de ‘avance’ como dizem nossos irmãos paraguaios. Foi fiscalizada também a segurança da obra pelo nosso governador Riedel. E eu fiquei muito contente com a designação de um engenheiro, o deputado Roberto Hashioka, para ir comigo”, concluiu.

O deputado Zeca do PT destacou tema importante para a integração. “O compromisso de asfaltar da BR-267 até a cabeceira da ponte, dando acesso a chamada cidade industrial do Paraguai. Peço para ir nesse evento de integração do início da ordem de serviço, me credencio e aproveito para registrar aqui o reconhecimento ao papel que o deputado Paulo Corrêa tem cumprido no debate sobre a integração e desenvolvimento de Porto Murtinho”, ressaltou.

Roberto Hashioka também representou a ALEMS

Roberto Hashioka agradeceu a oportunidade de representar a ALEMS, junto ao deputado Paulo Corrêa e aos ministros. “Essa obra tem um significado muito importante para o Brasil, pois fará a ligação entre quatro países: Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, ligando o Atltântico ao Pacífico. Sou engenheiro rodoviário e estou acompanhando essa obra de arte especial, um projeto de engenharia que foi executado por uma empresa espanhola, construção por duas construtoras brasileiras e uma paraguaia. São 1294 m, com uma característica singular 2 vãos estanhados, permitindo que não haja nenhum pilar, obra moderna que contribuirá muito para que Porto Murtinho sirva de porta de entrada para o Brasil”, considerou.

Ponte Bioceânica

A ponte integra o projeto Rota Bioceânica, ligando os municípios de Porto Murtinho (MS) a Carmelo Peralta (PY), com previsão para que as obras sejam concluídas no final do próximo ano. Os investimentos são de US$ 85 milhões, custeados pela Itaipu Binacional. A ponte traz maior competividade nas exportações para os mercados asiáticos, e ainda deve proporcionar oportunidades em diversos setores da economia.

COMPARTILHE AGORA MESMO