ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

Em maior expulsão de uma vez só, Paraguai envia 25 presos brasileiros para o Brasil

Por Fábio Amato, TV Globo — Brasília

Movimentação da Polícia Rodoviária Federal em Foz do Iguaçu, na fronteira do Brasil com o Paraguai, nesta sexta-feira (5). — Foto: Reprodução/RPC

Movimentação da Polícia Rodoviária Federal em Foz do Iguaçu, na fronteira do Brasil com o Paraguai, nesta sexta-feira (5). — Foto: Reprodução/RPC

O governo do Paraguai expulsou 25 brasileiros que estavam presos no país e que também eram procurados pela Justiça brasileira, acusados de crimes como homicídio, tráfico de drogas e associação criminosa.

Os homens foram entregues na quinta-feira (4) à Polícia Federal em dois pontos da divisa, no Mato Grosso do Sul e no Paraná, e agora vão cumprir pena no Brasil.

Fontes da Polícia Federal ouvidas pela TV Globo informaram que a expulsão de criminosos brasileiros pelo Paraguai ocorre com frequência. Entretanto, nunca havia sido expulso um número tão grande de uma única vez.

No ano passado, a PF enviou ao Paraguai técnicos que fizeram a identificação de todos os brasileiros presos em penitenciárias paraguaias. São cerca de 300 cumprindo pena no país vizinho, e alguns deles estavam usando nomes falsos.

Com a identificação, a Polícia Federal conseguiu localizar cerca de 50 pessoas que também eram procurados pela Justiça brasileira. Os 25 considerados mais perigosos, e condenados por crimes como homicídio e tráfico de drogas, foram enviados para o Brasil na quinta.

Um desses criminosos tem condenações no Brasil cujas penas somam 57 anos de prisão.

Dos 25 detentos, 16 foram entregues pelas autoridades paraguaias em Foz do Iguaçu (PR). Os outros nove chegaram via Ponta Porã (MS).

Eles serão agora encaminhados para cumprimento de penas em estados como SP, MG, RS, GO e RN.

COMPARTILHE AGORA MESMO