Energisa trabalhando 24 horas para restabelecer a energia elétrica em Ponta Porã e no MS

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho (PSDB) postou nas redes sociais Instagram e Facebook imagens sobre a atuação da energisa para restabelecer a energia elétrica após o vendaval que atingiu o Mato Grosso do Sul.
“Equipes da Energisa nas ruas durante 24 horas para restabelecer o fornecimento de energia e consertar os estragos causados por uns das maiores tempestades dos últimos 30 anos que atingiu Ponta Porã e dezenas de municípios, principalmente Campo Grande onde os prejuízos são maiores. Sabemos do transtorno que é ficar sem energia, mas também é preciso apoiar e ser solidário ao esforço de centenas de trabalhadores que estão dia e noite buscando normalizar a situação que foi incomum e totalmente imprevisível”.

De acordo com o Boletim da energisa enviada ao jornalista Lile Corrêa e destacada na Rádio Líder FM 104,9 e Portal de Ponta informa:

BOLETIM ENERGISA – ATUALIZADO 16.10.21

A Energisa informa que segue com mais equipes em campo para recuperar os estragos causados pela tempestade que atingiu a Capital e Mato Grosso do Sul nos últimos dois dias. Até o momento, são mais de 5 mil lugares em Mato Grosso do Sul com interrupção no fornecimento de energia. Nas últimas 24 horas, a Energisa restabeleceu por hora 15 vezes mais clientes que em dias normais de serviço.

Em três dias foram registradas 1.434.626 descargas atmosféricas, sendo que todo o mês de outubro do ano passado foram contabilizadas 1.048.399. A concessionária aumentou em seis vezes a quantidade de equipes nos atendimentos e ao longo do dia chegaram reforços – em voo fretado – de equipes próprias da Energisa de outros estados. Nessa força tarefa estão colaboradores de Mato Grosso, Rondônia, Paraíba, Sergipe, Acre, Minas Gerais e São Paulo.

Além da Capital, as equipes da concessionária seguem atuando em 51 municípios do estado: Sidrolândia, Dourados, Ponta Porã, Nova Andradina, Dois Irmãos do Buriti, Itaquiraí, Maracaju, Nova Alvorada, Aquidauana, Nioaque, Ivinhema, Fátima do Sul, Terenos, Angélica, Amambai, Taquarussu, Tacuru, Iguatemi, Glória de Dourados, Antônio João, Itaporã, Rio Brilhante, Bataguassu, Bela Vista, Camapuã, Bonito, Deodápolis, Jardim, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde de Mato Grosso, Corumbá, Caarapó, Laguna Carapã, Naviraí, Jaraguari, Rochedo, Bandeirantes, Água Clara, Sete Quedas, Paranhos, Bodoquena, Corguinho, Eldorado, Cassilândia, Mundo Novo, Novo Horizonte do Sul, Aral Moreira, Miranda, Bataiporã, Coronel Sapucaia, Porto Murtinho.

A Energisa destaca que um temporal como esse nunca foi registrado em quase oito anos de concessão da empresa em Mato Grosso do Sul. A tempestade provocou o rompimento de cabos e quedas de postes, e danificou transformadores e alimentadores. Equipes atuam de forma ininterrupta nos últimos dois dias nos reparos da rede elétrica que foi prejudicada pela queda excessiva da vegetação, rajadas de ventos e elevado número de descargas atmosféricas.

Serviço
Para evitar congestionamento no 0800 da empresa e ampliar a capacidade de atendimento, a concessionária abriu as agências em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã e Aquidauana. A Energisa orienta os consumidores a priorizarem o atendimento pelo WhatsApp (Gisa): (67) 9 9980-0698 e aplicativo Energisa On (disponível no Google Play ou App Store do celular.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!