ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

Ex-juiz paraguaio que escapou de atentado e matou brasileiro em 2018 é morto a tiros

Por g1 MS

Advogado foi morto a tiros — Foto: Redes sociais/Reprodução

Advogado foi morto a tiros — Foto: Redes sociais/Reprodução

O ex-juiz paraguaio Pedro David Galeano, de 36 anos, foi morto a tiros, dentro do próprio escritório, em Coronel Oviedo (PY), nesta quarta-feira (17). A vítima que também era presidente da Ordem dos Advogados do Departamento de Caaguazú, no Paraguai, foi alvo de uma tentativa de homicídio em 2018, porém reagiu e matou a tiros um brasileiro.

Ambas as informações foram confirmadas ao g1 por uma fonte da Segurança Pública de Ponta Porã (MS), cidade brasileira que fica na fronteira com o Paraguai.

Em relação ao atentado, desta quarta, a polícia paraguaia informou que duas pessoas chegaram em uma motocicleta, invadiram o escritório do ex-juiz, realizaram três disparos, sendo um na cabeça e dois no peito.

Após o atentado, os suspeitos deixaram a moto em frente ao escritório, pegaram uma bicicleta e fugiram.

COMPARTILHE AGORA MESMO