Hospital Regional Dr. José de Simone Netto (MS) debate protocolos sobre Parto Seguro

Durante o mês de setembro, em todas as quartas-feiras, atividades relacionadas à Segurança do Paciente ocorrem na unidade gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES)

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS), realizou neste mês debate sobre o protocolo internacional de parto seguro, que garante tanto à mãe, quanto ao recém-nascido, cuidados mais seguros durante a hospitalização. O hospital é gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A enfermeira obstetra Marília Leite abordou o assunto de maneira didática e divertida. Na plateia estavam enfermeiros de todos os setores do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto. Para a enfermeira Dyola Grance, coordenadora da Maternidade, o programa ajuda a transformar momentos vivenciados pela família. “O parto é um momento único na vida de uma mulher, independentemente de ser a primeira, segunda ou terceira gestação. O programa parto seguro veio para transformar esse momento em um momento inesquecível, marcado por memórias positivas de segurança, cuidado e respeito”, destacou.

O checklist é um conjunto de informações que as Equipes de Enfermagem precisam avaliar para cuidar da segurança da gestante e do recém-nascido. Essas informações são obtidas durante as “pausas” do parto e são compartilhadas entre a equipe. Essas pausas são feitas durante a admissão da gestante, antes de dar a luz ou iniciar o parto, imediatamente após o parto e antes da alta médica. Na admissão é importante a pausa para detectar e tratar possíveis complicações, bem como o esclarecimento dos acompanhantes sobre os procedimentos que serão adotados.

A segunda pausa é feita durante o trabalho de parto e serve para novamente antecipar eventuais complicações e deixar tudo preparado dentro do ambiente de forma a agir rápido caso seja necessário. A terceira pausa serve para ensinar à mãe e aos acompanhantes os sinais de perigo que devem ser avisados imediatamente à equipe de enfermagem. A última pausa serve para a verificação do estado de saúde da mãe e do recém-nascido, além de permitir as equipes ter a certeza de que todas as etapas anteriores foram cumpridas.

A enfermeira Edna Cândido, gerente de enfermagem do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, agradeceu à Equipe ao final da aula. “Estamos passando pelo processo de Acreditação Hospitalar, que eleva o nível da nossa prestação de serviço. Precisamos ter em mente quais são as metas de segurança do paciente e aplicá-las no dia a dia. Só assim a nossa unidade continuará a ser referência em atendimento de saúde”, finalizou.

Durante o debate, enfermeiros realizaram apresentação teatral, com encenações divertidas sobre as situações em que as gestantes passam durante o processo de parto.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!