ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

Prefeito de Ponta Porã sofre AIT e é transferido para hospital de Dourados

Prefeito Helio Peluffo sofreu alteração na função cerebral na última quarta-feira (10)

Peluffo está internado após ataque isquêmico em casa.

Político de 60 anos passou mal no início da noite de ontem e está em hospital de Dourados*

O prefeito de Ponta Porã Hélio Peluffo Filho (PSDB) sofreu ataque isquêmico transitório no início da noite desta quarta-feira (10) e está internado no Hospital do Coração, em Dourados. Conforme sua assessoria, o político de 60 anos de idade se recupera bem, está consciente e sem apresentar sequelas.
De acordo com o site da Rede Dor São Luiz, o ataque isquêmico transitório é quando uma artéria cerebral entope ou se rompe e há déficit neurológico decorrente desse entupimento ou hemorragia.

“A grande diferença entre o AIT e o AVC (Acidente Vascular Cerebral) é que o tempo de estabilização e reversão do déficit neurológico é de até 24 horas. O AIT é considerado um dos principais fatores de risco para o AVC”, afirma o portal da rede de hospitais.

Conforme nota oficial divulgada pela prefeitura, Hélio Peluffo Filho recebeu os primeiros socorros e foi transferido para o hospital douradense, onde está sob os cuidados do cardiologista Irineu Lemes.
Nascido em Ponta Porã em 24 de abril de 1960, Hélio Peluffo Filho é arquiteto formado em 1986 no Rio de Janeiro e está no segundo mandato como administrador da cidade fronteiriça.
Segundo especialistas, as causas mais comuns do ataque isquêmico transitório são presença de coágulos de sangue que bloqueiam temporariamente o fluxo sanguíneo para o cérebro.
O coágulo pode ser decorrente de danos arteriais causados por colesterol alto, pressão arterial elevada e por formação de coágulos no coração, decorrentes de infarto recente ou anomalias cardíacas.

COMPARTILHE AGORA MESMO