Prefeito Reinaldo Piti participa de reunião com vereadores na Câmara Municipal

Na manhã desta segunda-feira (09), o Prefeito Reinaldo Piti participou de uma reunião na câmara municipal, 10 dos 11 vereadores estiveram presentes. A finalidade da reunião era de reafirmar a parceria entre câmara e prefeitura, definir metas e as prioridades para a nova administração.

Os vereadores se colocaram a disposição da administração municipal, em tudo que for necessário para ajudar a resolver os problemas do município, um dos assuntos mais discutidos foi a saúde da nossa cidade e foi colocado como prioridade para vereadores e o prefeito, todos se dispuseram em buscar recursos e ações junto a seus deputados estaduais e federais, para melhorar a qualidade da saúde nos postos e no hospital.

O Prefeito Reinaldo Piti aproveitou a oportunidade para apresentar a prestação de contas de como pegou a situação financeira do município, copia de documento com dados financeiros foram repassados para os vereadores presentes, atualmente o município não possui CND (Certidão negativa de débito) devido a inadimplência com o INSS no valor de R$ 1.900.000,00, (Um milhão e novecentos mil reais), referente a débitos da competência dos meses de Novembro e o 13º de 2015, e dos meses Janeiro, Fevereiro, Março e Abril de 2016 (Algumas competências são residuais). Essa renegociação é de extrema urgência para a liberação da CND. E lembrando que não há parcelamento para a parte retida do segurado não repassada.

No documento ainda consta as informações de folhas não quitadas referente ao 13º dos convocados (60% do Fundeb), valor total de 93.872,52, 13º dos contratados (40% do Fundeb), valor total de 33.398,93, e do 13º dos efetivos (40% do Fundeb), valor total de 101.576,50.

A prefeitura municipal ainda deixou de repassar a APAE o valor  de R$ 21.024,00 (Referente a 8º parcela com recursos do Fundeb), e a folha de Dezembro de 2016 no valor de R$ 2.273.783,67, e dos consignados do Sincard dos meses 09, 10 e 11 de 2016 no valor de 184.000,00, todas as contas de 2015 e 2016 somadas parcialmente dão um valor total de 4.180.637,78 (Quatro milhões, cento e oitenta mil, seiscentos e trinta e sete reais, e setenta e oito centavos), sem contar a divida ativa do Hospital São Vicente de Paula e da Energisa.

“Precisamos dessa parceria junto a câmara municipal para que possamos alavancar a economia do nosso município, agora a nossa prioridade é a certidão negativa, vamos regularizar para que os recursos estaduais e federais possam chegar a nossa cidade, quero agradecer a todos os vereadores pelo apoio e dizer que a nossa administração estará sempre de portas abertas para que juntos possamos fazer uma gestão eficiente para que Bela Vista volte a crescer”, disse o Prefeito Reinaldo Piti.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Bela Vista