Atendendo pedido da Assomasul, Governo do Estado estende prazo para mudança na classificação dos municípios

Fonte ASCOM – Fotos Edson Ribeiro

Por solicitação da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), o Governo do Estado estendeu em 48 horas o prazo para cumprir as restrições impostas pela reclassificação dos municípios pelo Comitê Prosseguir. A entidade havia sido surpreendida pela decisão, que modificou a classificação dos municípios apenas dois dias depois da última reunião ordinária do programa.

As prefeituras são parceiras do Estado no combate à pandemia de Covid-19, mas precisavam de um prazo maior para não prejudicar a população. “O governo do Estado foi sensível ao nosso pedido. Entendemos a situação epidemiológica de Mato Grosso do Sul que teve que exportar pacientes para outros estados e sofre com a superlotação os hospitais, acreditamos na credibilidade do Prosseguir e somos parceiros do Estado no enfrentamento à pandemia, mas fomos surpreendidos com a decisão do comitê reclassificando os municípios sem sequer termos sido comunicados da reunião extraordinária. Dessa forma, não pudemos nos programar e avisar a população”, explicou o presidente da Assomasul, Valdir Junior.

Além da Assomasul, as prefeituras de Campo Grande, Fátima do Sul e Naviraí também protocolaram pedidos para ampliar o prazo para adotar as restrições. Com a nova decisão do governo, a reclassificação passa a valer a partir de sábado (12), à meia-noite, quando 43 municípios passam para a bandeira cinza, de grau extremo, seguindo uma série de restrições, como toque de recolher às 20h e funcionamento apenas de serviços considerados essenciais.

Apenas 7 cidades foram classificadas na bandeira laranja (grau de risco médio) e 29 foram colocadas na bandeira vermelha (grau de risco alto). Durante o período de maior restrição, as polícias Militar, Civil e o Corpo de Bombeiros vão fiscalizar o cumprimento das regras.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!