Bombeiros de Ponta Porã prestam socorro a jovem que desapareceu em Sangapuita

Segundo informações a Policia Militar foi solicitada e encontrou caído na plantação de soja as margens da BR 463 próximo ao Instituto Federal do Mato Grosso do Sul e a Floricultura o jovem Ramão Almeida Reinoso.

Ramão estava desaparecido desde o fim do ano passado (2019), aparentemente com transtornos mentais, localizado nas proximidades da mata, as margens da Rodovia BR 463, encontrado bastante debilitado, sendo acionado a ambulância do Corpo de Bombeiro Militar para apoio ate ao Hospital Regional de Ponta Porã.

Ramão Almeida Reinoso, 36 anos, morador de Sanga Puitã, desapareceu no sábado, dia 28 de Dezembro de 2019, quando disse a sua mãe que iria orar no fundo de casa por volta das 22 horas.

Dona Cista, mãe de Ramão, vendo que não havia nada de anormal foi dormir, dando-se conta apenas no outro dia que Ramão não dormiu em casa, deixando para trás sua bíblia, documentos pessoais, não levou o celular e deixou todos seus calçados, possivelmente estando descalço.

Segundo a família, Ramão estava com problemas de saúde e desorientado sem saber como voltar pra casa, pois o mesmo não faz uso de bebidas alcoólicas, não tem namorada e nem amigos longe de casa, não tem inimigos. Ramão sempre morou com sua mãe e irmãos e nunca saiu tanto tempo de casa sem dizer onde ia, por isso todos estavam muitos preocupados com o sumiço repentino.