DOF apreende 9 Toneladas de defensivos contrabandeados

Júlio César Teles Arguelho*

Policiais do DOF fizeram na noite de quarta-feira (11/01), a prisão de Carlos Roberto Lemes Sales (45), morador na cidade de Ribas do Rio pardo/MS e de Eugenio Alonso Neto (69), morador na cidade de Ponta Porã/MS, transportando cerca de 9 toneladas de defensivos agrícolas contrabandeados do Paraguai.

O fato ocorreu durante bloqueio policial na MS 164, (Copo Sujo), na região de Ponta Porã/MS, sendo abordado para fiscalização de rotina um caminhão Mercedes Benz de cor branca, com placas de Rondonópolis/MS, conduzido por Carlos e em vistoria, constatou-se que o caminhão estava carregado de defensivos agrícolas de origem paraguaia, sem a devida documentação probante de sua legal importação e eventuais desembaraços alfandegários, configurando dessa forma o contrabando.

Carlos disse ter sido contratado para pegar o caminhão já carregado em Ponta Porã e leva-lo até a cidade de Campo Grande/MS, recebendo pelo serviço a quantia de R$ 2,5 mil reais. Relatou ainda que recebia instruções no caminho por um rádio amador, de uma pessoa que fazia o serviço de batedor em uma caminhonete de cor branca.

Os policiais efetuaram as diligencias na área e localizaram próximo ao distrito de Vista Alegre, uma caminhonete Mitsubishi L200 Triton de cor branca com placas de Campo Grande/SM, conduzida por Eugenio, que relatou ser o proprietário do caminhão que levava a carga de defensivos agrícolas, porém não sabia dizer quem seria o dono da carga.

O fretamento, segundo Eugenio seria num valor aproximado de R$ 40 mil reais, que seriam pagos após a entrega dos defensivos na cidade de Campo Grande.

A carga de 9 toneladas é muito diversificada e foi avaliada inicialmente em R$ 3 milhões de reais, mas podem chegar a R$ 10 milhões segundo delegado responsável pelo flagrante na delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã/MS.