Em Brasília, governador cobra reforço de vacinas para fronteira e mais kit intubação

Em reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na manhã desta terça-feira, dia 13, o governador Reinaldo Azambuja cobrou atenção especial as ações de combate ao coronavírus em Mato Grosso do Sul.

Uma das principais reivindicações leva em consideração uma particularidade do nosso Estado, que faz fronteira seca com o Paraguai e a Bolívia.

Reinaldo Azambuja reivindicou ainda o envio de 1,1 milhão de medicamentos do chamado “kit intubação”, utilizados no processo de sedação de pacientes infectados pelo coronavírus, 100 mil testes rápidos para detecção da doença.

O governador ainda pediu ao ministro o aparelhamento das unidades de saúde da fronteira com o envio de 40 monitores multiparâmetros, 40 respiradores pulmonares e 40 bombas de infusão.

Em Brasília, governador cobra reforço de vacinas para fronteira e mais kit intubação 

Katiuscia Fernandes – Subcom

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!