Em menos de 24h, Estado distribui vacinas e municípios já estão autorizados a iniciar imunização contra Covid-19

Em menos de 24h, Estado distribui vacinas e municípios já estão autorizados a iniciar imunização contra Covid-19

Mato Grosso do Sul recebeu 158.760 doses das vacinas produzidas pelo Instituto Butantan adquiridas pelo Governo Federal

Todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul receberam entre a noite de ontem (18) e as primeiras horas desta terça-feira (19) lotes com doses da vacina Coronavac. Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, as prefeituras já estão autorizadas a iniciar a vacinação contra a Covid-19.

As 158.760 doses do imunizante chegaram ao Estado na tarde de ontem por meio da Base Aérea de Campo Grande. De lá foram para a Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (Ceve) para depois serem distribuídas aos municípios através de uma força-tarefa entre as secretarias de Estado de Saúde (SES) e de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

De acordo com Resende, o processo de distribuição teve início pouco antes das 20h de segunda-feira com o carregamento de Campo Grande. O último lote saiu por volta das 4h de terça-feira, com destino aos municípios das regiões da Grande Dourados e do Vale do Ivinhema. “As prefeituras já estão distribuindo as vacinas para as unidades de saúde e já estão prontas para começar a vacinação”, completou o secretário.

Em menos de 24h, Estado distribui vacinas e municípios já estão autorizados a iniciar imunização contra Covid-19
Celeridade na distribuição salva vidas, avaliou Reinaldo Azambuja (Foto: Chico Ribeiro)

Realizada em menos de 24 horas, a entrega das vacinas foi comemorada pelo secretário Geraldo Resende. “Fizemos algo inédito em Mato Grosso do Sul e temos que reconhecer o trabalho dos nossos servidores. Aquilo que normalmente entregamos em duas semanas, em outras campanhas de imunização, conseguimos fazer nesta noite”, destacou.

A agilidade ao processo de distribuição foi determinada pelo governador Reinaldo Azambuja. “Construímos toda uma logística para que a vacinação contra a Covid-19 iniciasse imediatamente após o recebimento dos imunizantes. Temos pressa. Queremos salvar vidas, desafogar os sistemas de saúde e recuperar os empregos”, ressaltou o governador.

Distribuição

O primeiro carregamento de vacinas saiu do Ceve às 19h40 para a Prefeitura de Campo Grande. Às 21h10 saiu a entrega para Corumbá, Ladário e Miranda. Às 22h03 partiu o veículo com as doses para Paranaíba, Aparecida do Taboado, Inocência e Selvíria. Já às 22h10 saiu o caminhão para Três Lagoas, Água Clara e Ribas do Rio Pardo.

Em menos de 24h, Estado distribui vacinas e municípios já estão autorizados a iniciar imunização contra Covid-19
Posto de saúde em Anaurilândia (Foto: Sejusp)

O carregamento para Nova Alvorada do Sul, Rio Brilhante e Douradina partiu às 22h50. Pouco depois, às 22h55, foi enviada a remessa para Laguna Carapã, Caarapó, Juti, Naviraí, Itaquiraí, Iguatemi, Eldorado, Mundo Novo e Japorã. Às 23h31 partiram as vacinas de Chapadão do Sul, Paraíso das Águas e Cassilândia. E às 23h40, as de Aquidauana, Anastácio, Dois Irmãos do Buriti e Terenos.

Às 00h embarcaram as doses de Corguinho, Rochedo, São Gabriel do Oeste e Rio Negro. Às 00h10, as de Costa Rica, Alcinópolis e Figueirão. Às 00h45 saíram as doses de Coxim, Sonora, Pedro Gomes e Rio Verde. E às 00h55 as de Bandeirantes, Camapuã e Jaraguari.

O carregamento para os municípios de Dourados e Itaporã saiu às 1h24. Às 2h foram as doses para Amambai, Coronel Sapucaia, Sete Quedas, Tacuru e Paranhos. Às 2h36 as doses foram distribuídas para Bonito e Bodoquena. Às 2h54 saíram as vacinas de Maracaju, Ponta Porã, Antônio João e Aral Moreira.

Já às 3h18 foram enviadas as doses para Porto Murtinho e Caracol. Às 3h21 partiram os imunizantes de Sidrolândia, Nioaque, Guia Lopes, Jardim e Bela Vista. E o último carregamento saiu às 3h44, rumo a Glória de Dourados, Vicentina, Deodápolis, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Angélica, Taquarussu, Batayporã, Nova Alvorada, Anaurilândia, Bataguassu, Brasilândia e Jateí.

Em menos de 24h, Estado distribui vacinas e municípios já estão autorizados a iniciar imunização contra Covid-19
Cerca de 70 servidores da SES e da Sejusp trabalharam na distribuição das vacinas (Foto: Edemir Rodrigues)

Regras de vacinação

A quantidade de doses da Coronavac enviada a cada município foi definida pelo Ministério da Saúde considerando os públicos prioritários. A primeira etapa de vacinação é destinada aos idosos moram em instituições de longa permanência, além dos trabalhadores de saúde que estão na linha de frente de combate à Covid-19 e de indígenas que vivem em aldeias rurais.

Vamos respeitar o Plano Nacional de Imunizações (PNI) e vamos vacinar, nesse primeiro momento, os grupos prioritários. É importante que a população em geral saiba desse regramento para não fazer pressão nas unidades de saúde. Então, começamos com a população indígena, com os idosos que moram em instituições de longa permanência e com os profissionais de saúde que atuam na linha de frente, em unidades públicas e privadas”, pontuou Resende.

Bruno Chaves, Subcom, e Airton Raes, SES
Foto destaque: Chico Ribeiro

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!