ACESSO FÁCIL

Governo libera R$ 48 milhões em emendas para atender quem mais precisa

Liberação de Emendas Parlamentares ALEMES Foto Saul Schramm

Para fazer chegar mais longe as ações do Estado e atender quem mais precisa, o governador Eduardo Riedel autorizou a liberação de repasses de R$ 48 milhões em emendas parlamentares para o exercício de 2023. A autorização foi assinada nesta quarta-feira (16), no saguão da Assembleia Legislativa. Por meio da indicação dos deputados estaduais, os recursos vão atender entidades que prestam um atendimento a pessoas em situação de necessidade e que, nem sempre, o Estado consegue atender sem esse trabalho do terceiro setor.

O presidente da Federação das Apaes de Mato Grosso do Sul, Ottão Pereira de Almeida, afirmou que o recurso é um apoio concreto. “Ele atende demandas sociais urgentes que asseguram a sobrevivência e o desenvolvimento das instituições filantrópicas que atuam, principalmente, nos setores de educação, saúde e social. O governador Eduardo Riedel tem um olhar todo especial para as entidades do 3° setor e tem atendido na medida do possível as demandas apresentadas. Muito obrigado governador por esse olhar maravilhoso e muito obrigado a todos os deputados porque sem vocês as nossas entidades estariam com muita dificuldade”, disse.

Na avaliação do governador Eduardo Riedel, a sociedade ganha com a liberação dos recursos na parceria com a Assembleia Legislativa. “É um dia extremamente representativo não só para essa Casa, mas para o Governo do Estado e para toda a sociedade sul-mato-grossense. Nós vemos o saguão da Assembleia Legislativa ocupada por lideranças de todos os municípios do Estado de Mato Grosso do Sul, de representantes da sociedade civil, de pessoas que fazem as coisas acontecerem no dia a dia do Estado. Essas instituições lutam bravamente no dia a dia procurando atender uma demanda da sociedade que muitas vezes o braço do Estado não alcança”, disse o chefe do Executivo.

Os recursos liberados pela gestão estadual atendem centenas de indicações feitas pela Casa de Leis. “Eu tive o cuidado de olhar cada uma das 591 indicações para os municípios, para as entidades, e vejo o grau de responsabilidade que cada um dos senhores e senhoras”, afirmou o governador aos deputados e representantes das entidades filantrópicas.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, Gerson Claro, as emendas são resultado de um trabalho dos deputados e da parceria com o Governo do Estado. “Recebemos o governador, a sua equipe, os prefeitos, as entidades, para fazer aplicação do recurso que é destinado pelo parlamentar. Aqui nesta Casa, o governador encontra respaldo para fazer de Mato Grosso do Sul esse estado próspero, que está sendo hoje”, declarou.

Na avaliação do prefeito de Itaquiraí, Thalles Henrique Tomazelli, tesoureiro da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o recurso também é uma ajuda aos municípios. “Isso é um gás, oxigênio para trabalharmos cada vez mais forte e, talvez, as nossas instituições não teriam esse recurso importante se não fossem as emendas”.

Saúde

Quase 70% do valor das emendas (R$ 32 milhões) é destinado para a área de saúde, sendo que quase R$ 22 milhões serão transferidos amanhã (17) do Fundo Estadual de Saúde para os Fundos Municipais, para as ações municipais, e o restante assim que a documentação for entregue.

Na sequência, as outras áreas com maior destinação de recursos são assistência social (R$ 8,7 milhões) e educação (R$ 5,5 milhões), mas há emendas também para áreas como desenvolvimento, cultura e esporte.

Participaram do evento o vice-governador José Carlos Barbosa (Barbosinha), os secretários estaduais Pedro Caravina (Segov), Eduardo Rocha (Casa Civil), Patrícia Cozollino (Assistência Social), Maurício Simões (Saúde), Hélio Daher (SED), Marcelo Miranda (Setescc) e Jaime Verruck (Semandesc); a procuradora-geral do Estado, Ana Carolina Ali Garcia; e os deputados estaduais Antônio Vaz, Coronel Davi, Jamilson Name, João César Mattogrosso, Junior Mochi, Londres Machado, Lucas de Lima, Lia Nogueira, Mara Caseiro, Marcio Fernandes, Neno Razuck, Paulo Corrêa (1º secretário), Pedro Kemp (2º secretário), Pedro Pedrossian Neto (vice-líder), Professor Rinaldo, Rafael Tavares, Renato Câmara, Roberto Hashioka, Zeca do PT e Zé Teixeira; além de secretários-adjuntos, prefeitos e vereadores, entre outras autoridades.

Paulo Fernandes, Comunicação do Governo de MS

Fotos: Saul Schramm

COMPARTILHE AGORA MESMO