Marcelino Nunes e Rafael Modesto se reúnem com Secretário Nacional de Segurança

O secretário de Segurança Pública de Ponta Porã, Marcelino Nunes e o presidente da Câmara de Vereadores Rafael Modesto esteve reunido na semana passada com o Secretário Nacional de Segurança Pública (SENASP), Carlos Renato Paim que esteve visitando o Mato Grosso do Sul. Paim fez um sobrevoo na faixa de fronteira e depois seguiu para a sede do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) em Dourados, onde Marcelino Nunes e Rafael Modesto, apresentaram algumas reinvindicações do secretário e falou das prioridades do município em relação à segurança pública.
Também esteve presente no encontro o do secretário Estadual de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, que relatou ao secretário da SENASP a importância da Guarda Municipal de Fronteira e da secretaria dirigida por Nunes, no apoio aos demais órgãos de segurança na fronteira. “Temos na secretaria de Segurança de Ponta Porã um importante aliado no combate à criminalidade, o que garante mais tranquilidade para os moradores da região. São parcerias com esta que servem de exemplo para uma política de eficaz de valorização da vida”, disse Videira.
Marcelino e Modesto pediram para a cidade de Ponta Porã seja incluída no plano de expansão das ações da SENASP e colocaram a prefeitura e a Câmara à disposição para os projetos que serão elaborados pelo Governo Federal em toda faixa de fronteira.
Carlos Renato Paim, disse que a criação de parcerias como os estados e os municípios é muito importante dentro do plano nacional de segurança pública e que ficou muito impressionado com os números apresentados por Marcelino, o que demonstra segundo ele, que o combate a violência tem que ser tratado de forma eficaz e que as guardas municipais são um grande exemplo de que com as autoridades mais próximas da população é possível fazer um trabalho preventivo. “ A união de forças entre polícia e sociedade é uma das formas mais corretas de dar segurança para o cidadão”, disse ele.
Marcelino defende que parte do que é arrecadado com o confisco de bens do crime organizado e das organizações criminosas devem ser usadas no fortalecimento e aparelhamento das instituições de segurança nos estados e municípios. “Com mais recursos e melhores aparelhados teremos mais eficácia em nosso trabalho e isso reflete em um melhor resultado prestado para a população”, disse ele.
Segundo Rafael Modesto a Câmara de Vereadores deve sempre ouvir os anseios da população e ir em busca de soluções para os problemas. “Temos muitas demandas na segurança pública, como temos em outros setores, mas aproveitamos a presença do secretário na nossa região para levar até ele nossas necessidades e colocar o legislativo de Ponta Porã à disposição para que a SENASP venha discutir com a sociedade fronteiriça nossos problemas”, disse ele.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!