MS saltou para quatro cidades com grau extremo de risco frente à pandemia, segundo Prosseguir

Por G1 MS

Mapas com as classificações dos municípios de MS por cores conforme o grau de risco para a pandemia do programa Prosseguir — Foto: Reprodução/G1 MS

Mapas com as classificações dos municípios de MS por cores conforme o grau de risco para a pandemia do programa Prosseguir — Foto: Reprodução/G1 MS

O Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia de Mato Grosso do Sul, o programa Prosseguir, que mede o grau de risco dos municípios do estado diante da pandemia de Covid-19, colocou quatro cidades na bandeira cinza, que é grau de risco extremo: Campo Grande, Costa Rica, Bela Vista e Aral Moreira.

Esse levantamento toma por base dados coletados entre 14 e 20 de março. No anterior, que tinha informações de 7 a 13 de março, somente Campo Grande havia sido colocado nessa bandeira. Segundo a orientação do Prosseguir, na bandeira cinza deveriam funcionar somente os serviços enquadrados como essenciais.

Para definir a bandeira de cada cidade são levados em conta uma série de indicadores, entre eles disponibilidade de leitos de UTI, quantidade de equipamentos de proteção individual, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, disponibilidade de testes, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores.