Polícia Federal prepara instalação de delegacia de R$ 15 milhões na fronteira

policia-federal-ponta-pora1

Projeto é ter nova estrutura em Ponta Porã, que hoje tem unidade defasada

Rodolfo César*

A Polícia Federal em Mato Grosso do Sul prepara licitação para 2017 que pode reforçar o combate ao crime organizado na região de fronteira do Brasil com o Paraguai. A atual delegacia foi inaugurada em 1998 e não comporta sequer o atual efetivo, de 60 policiais.

A nova unidade tem estimativa de investimento de R$ 15 milhões e além de ser maior, também teria pátio para manutenção de veículos, local para perícia em carros apreendidos e stand de tiro para treinamento dos policiais federais.

A atual fase desse projeto é montagem da licitação para o ano que vem. Não há ainda mês definido para que o processo seja lançado. A construção da unidade deve ser concluída entre um ano e meio a dois anos.

Os recursos necessários para realizar o empreendimento foram viabilizados com dinheiro apreendido do tráfico de drogas. A Justiça Federal analisou o pedido e já autorizou a doação à corporação.

Apesar de estar em uma área de conflito e região estratégica, a delegacia de Ponta Porã é uma das menores do Estado. A estrutura tem 688,57 metros quadrados para abrigar o atual efetivo. A área total do terreno é de 1 mil metros quadrados.

“Ela está aquém das necessidades da Polícia Federal naquela região de fronteira. Se recebermos reforço, por exemplo, o prédio não vai comportar mais policiais. A nova delegacia representa um passo importante”, analisou o superintendente da PF em Mato Grosso do Sul, Ricardo Cubas César.

No Estado, há seis delegacias espalhadas pela Capital e interior. E neste ano, com investigações e operações, os policiais conseguiram apreender 75 toneladas de maconha e outras 4,5 toneladas de cocaína, destacou a Rádio Líder FM 104,9 de Ponta Porã (MS).

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!