Polícia Militar executa milhares de procedimentos operacionais e preventivos durante o mês de março em Dourados


Sub Tenente Arguelho*

Num balanço feito pelo comando do 3º Batalhão da PM de Dourados, que é responsável pelo policiamento da área leste da cidade, foi divulgado na manhã dessa quinta-feira (8) milhares de ações operacionais e preventivas realizadas pela unidade durante o mês de março de 2021.

A atual conjuntura nacional devido a pandemia de corona vírus, acabou mudando a rotina operacional do 3º BPM, onde primeiramente, a missão do comando da unidade é munir o seu Policial Militar de toda a proteção necessária possível, como mascaras, álcool em gel, face shield e luvas, além da higienização das viaturas para o uso comum dos policiais da unidade.

Com as medidas de controle e contenção do vírus, as abordagens a pessoas passaram a ser mais seletivas, sendo que durante o mês de março de 2021, esse procedimento somou aproximadamente 3,7 mil abordagens.

No mesmo período foram vistoriados 1.782 veículos, sendo apreendidos 53 veículos por não terem as condições mínimas de circulação e ainda confeccionadas 329 notificações por infração de trânsito.

5 veículos com queixa de roubo/ furto foram recuperados e devolvidos a seus proprietarios no mês de março, sendo 4 motocicletas e um veículo 4 rodas.

Muitas ocorrências de aglomerações e infrações a medidas sanitárias preventivas e para a contenção da pandemia, bem como as ocorrências emergenciais com acionamento do CIOPS acabaram levando 404 pessoas detidas paras as delegacias de Dourados.

No total 23 pessoas foram autuadas em flagrante pela pratica de diversos crimes, 36 tiveram registros de Termo Circunstanciado de ocorrência (TCO), além do cumprimento de 10 mandados de prisão.

No combate aos crimes tipicamente fronteiriços, os policiais do 3º BPM apreenderam 249 pacotes de cigarro produto de contrabando, 13,3 quilos de maconha, 12 gramas de cocaína e 4 gramas de crack.

Para o Comandante do 3º BPM, Tenente Coronel Helbert Davyson Romeiro de Souza, os resultados operacionais alcançados em março foram bastante satisfatórios, em que pese o momento impar de pandemia que passamos.
“Nossa preocupação primaria é com nosso policial militar que precisa estar bem e protegido para prestar um bom serviço a sociedade. Neste sentido não medimos esforços, juntamente com os comandos anteriores e o Governo do Estado, através da SEJUSP e do CPA-1, em munir nossos policiais de todo material de prevenção, bem como a iniciação da vacinação de toda a tropa operacional do 3º BPM, assim alcançando números satisfatórios e que aumentam ainda mais a sensação de segurança da nossa comunidade.” Conclui o comandante do 3º BPM.

A tropa segue um roteiro de imunização estabelecido pelas Secretarias Municipais e Estadual de Saúde e em poucos dias deve ter todos os policiais operacionais vacinados com a primeira dose dos imunizantes.