Recém-nascido é encontrado dentro de sacola plástica em MS, na fronteira do Brasil com o Paraguai

Compartilhe agora mesmo!!!

Por Flávio Dias, G1MS

Um recém-nascido prematuro de 25 semanas foi encontrado dentro de uma sacola plástica por uma mulher na madrugada desta quarta-feira (9), em Ponta Porã, cidade localizada na região de fronteira do Brasil com o Paraguai. De acordo com a polícia, a moradora do bairro Jardim Ivone, disse que ao sair de casa para fechar a porta do carro, escutou um choro e ao atravessar a rua, localizou a criança.

Conforme o boletim de ocorrência, a mulher abriu a sacola que ainda estava amarrada, onde o recém-nascido, do sexo masculino, ainda estava com a placenta e com muito sangue.

Em relato à polícia, a mulher pegou uma blusa que vestia para proteger o bebê e o levou para o hospital Regional da cidade. No local foi constatado que o prematuro tinha aproximadamente 25 semanas. Por conta da gravidade, ele foi encaminhado para o Hospital Universitário (HU) de Dourados.

Recém-nascido está internado no HU de Dourados (MS), após ser encontrado dentro de sacola plástica. — Foto: Hospital Universitário de Dourados/Divulgação

Recém-nascido está internado no HU de Dourados (MS), após ser encontrado dentro de sacola plástica. — Foto: Hospital Universitário de Dourados/Divulgação

O HU informou que o bebe está na UTI neonatal respirando com ventilador mecânico e o último boletim clínico, seu estado de saúde era estável. Ainda de acordo com a unidade, até a publicação da reportagem nenhum parente da criança havia sido localizado.

O caso foi registrado na 1º Delegacia de Ponta Porã como abandono de recém-nascido e aborto na forma tentada.


Compartilhe agora mesmo!!!