Sessões virtuais dão celeridade aos processos no TCE-MS

Nesta semana, entre os dias 22 e 25 de fevereiro, os conselheiros apresentaram relatórios e votos em 106 processos, sendo 17 durante a sessão virtual da Primeira Câmara, 49 na Segunda Câmara e 40 no Tribunal Pleno.

Olga Mongenot

As sessões virtuais das Câmaras e do Pleno foram instituídas pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul a partir da Resolução n. 114/2019 de 14 de dezembro de 2019. Além das sessões presenciais, semanalmente, os conselheiros passaram a votar e relatar em sessões realizadas por meio de teleconferência. Em tempos de pandemia pelo Covid-19, a modalidade virtual tem sido a mais utilizada pelos conselheiros, cumprindo com todo o protocolo de biossegurança e promovendo mais agilidade no julgamento de processos.

Nesta semana, entre os dias 22 e 25 de fevereiro, os conselheiros apresentaram relatórios e votos em 106 processos, sendo 17 durante a sessão virtual da Primeira Câmara, 49 na Segunda Câmara e 40 no Tribunal Pleno.

Primeira Câmara

Foram julgados 17 processos em sessão presidida pelo conselheiro Flávio Kayatt, com a presença dos conselheiros, Osmar Jeronymo, Jerson Domingos e do procurador-geral adjunto João Antônio de Oliveira Martins Júnior, do Ministério Público de Contas.

O conselheiro Osmar Jeronymo relatou oito processos todos de ata de registro de preços. TC/899/2019, TC/304/2019, TC/350/2019, TC/387/2019, TC/9238/2018, TC/1205/2019, TC/10817/2020 e TC/15129/2017.

A cargo do conselheiro Jerson Domingos estiveram quatro processos entre licitação, contrato administrativo, convênio, e de inexigibilidade: TC/11198/2018, TC/4197/2019, TC/7934/2020 e TC/9358/2020.

O conselheiro Flávio Kayatt relatou cinco processos de ata de registro de preços e contrato administrativo: TC/12459/2014, TC/5273/2014, TC/7293/2018, TC/8653/2015 e TC/6450/2020.

Segunda Câmara

Na sessão presidida pelo conselheiro Marcio Monteiro foram julgados 49 processos. Participaram os conselheiros Waldir Neves e Ronaldo Chadid, acompanhados do procurador-geral adjunto do MPC, João Antônio de Oliveira Martins Júnior.

O conselheiro Waldir Neves relatou 20 processos entre contrato de transporte escolar, contrato administrativo, licitação e ata de registro de preços. O TC/5269/2011, TC/76093/2011, TC/7805/2013, TC/6132/2015, TC/6688/2015, TC/9805/2015, TC/9899/2015, TC/5807/2017, TC/6017/2017, TC/7856/2017, TC/9858/2017, TC/823/2018, TC/6127/2018, TC/6283/2018, TC/6284/2018, TC/6291/2018, TC/7257/2018, TC/9653/2018, TC/5975/2019 e TC/6670/2019.

Ao conselheiro Ronaldo Chadid coube relatar nove processos, entre contrato administrativo, licitação, inexigibilidade e ata de registro de preços. TC/18323/2013, TC/10507/2017, TC/20563/2017, TC/1022/2018, TC/12053/2018, TC/12434/2019, TC/12633/2019, TC/2536/2020 e TC/2832/2020.

A cargo do conselheiro Marcio Monteiro estiveram 20 processos, entre contrato administrativo, ata de registro de preços e licitação. São eles: TC/6610/2019, TC/3804/2019, TC/1946/2019, TC/2590/2020, TC/2605/2020, TC/2719/2020, TC/7017/2019, TC/6389/2019, TC/3305/2019, TC/2636/2020, TC/5007/2019, TC/6410/2019, TC/372/2019, TC/6417/2017, TC/7205/2017, TC/20661/2014, TC/5759/2016, TC/11190/2015, TC/13142/2015, TC/5238/2015.

Pleno

A sessão virtual foi presidida pelo conselheiro Iran Coelho das Neves e teve a participação dos conselheiros, Ronaldo Chadid, Osmar Jeronymo, Waldir Neves, Jerson Domingos, Marcio Monteiro e Flávio Kayatt, que relataram 40 processos. O procurador-geral do Ministério Público de Contas, José Aêdo Camilo acompanhou a sessão e apresentou pareceres.

No Pleno, o conselheiro Waldir Neves relatou oito processos, sendo de contrato administrativo, contas de governo, contas de gestão e recurso ordinário: TC/6374/2016, TC/6998/2016, TC/7002/2016, TC/2075/2018, TC/2179/2018, TC/6566/2018, TC/2422/2019 e TC/3823/2014/002.

O conselheiro Ronaldo Chadid relatou dez processos de prestação referentes a contas de gestão e recurso ordinário: TC/7626/2015, TC/7792/2015, TC/7684/2015, TC/5279/2016, TC/06206/2015/001, TC/06717/2017, TC/119695/2012/001, TC/2995/2015/001, TC/00836/2017/001, TC/17978/2013/001.

Ao conselheiro Osmar Jeronymo coube relatar quatro processos de balanço geral, contas de gestão e auditoria. TC/7349/2015, TC/2563/2018, TC/2576/2018 e TC/4246/2017.

Outros quatro processos referentes à auditoria, contas de gestão e relatório de destaque foram relatados pelo conselheiro Jerson Domingos: o TC/15632/2016, TC/6789/2018, TC/8812/2018 e TC/06169/2017.

O conselheiro Marcio Monteiro relatou nove processos entre projeto de resolução, contas de gestão, auditoria, balanço geral e relatório destaque: TC/956/2021, TC/6972/2016, TC/03556/2012, TC/06839/2017, TC/07280/2017, TC/09705/2017, TC/11109/2017, TC/10256/2018, TC/5438/2017.

Já o conselheiro Flávio Kayatt relatou cinco processos entre recurso ordinário, pedido de revisão e embargos de declaração: TC/4493/2017/001, TC/1416/2016/001, TC/16767/2015/001, TC/14568/2015, TC/16552/2004/001.

Após publicação no Diário Oficial Eletrônico do TCE-MS, os gestores dos respectivos órgãos jurisdicionados poderão entrar com pedido de recurso ou revisão, conforme os casos apontados nos processos.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!