Emissora de rádio faz Retrospectiva do ano 2016

retrospectiva-restrospectiva

Nesta sexta-feira (30/12),  a emissora Líder FM 104,9 administrada por Luiz Lobato realiza das 11h as 12h20 a retrospectiva do ano 2016 durante o Jornal da Líder FM apresentado pelo jornalista Lile Corrêa e o radialista Ever Alexandre.

Os momentos mais marcantes de 2016 transmitidos pela emissora e ouvidos pelo mundo inteiro foram selecionados pelo jornalismo e também com a ajuda dos internautas nas redes sociais Facebook e Whats App.

Em dezembro a emissora firmou parceria com a Líder FM 102,1 de Bella Vista Norte Paraguai administrada por Marcelinho Calvano ampliando a abrangência do jornalismo com a participação dos correspondentes Sergio Botelho (Brasilia), Benedito de Paula (Campo Grande), Claudio Severo, Cao Pereira (São Paulo), Armando Loureiro (Bela Vista), Jonathan Torres (Sudoeste), Márcio Blanco (Região Norte).

Polícia: o estupro coletivo, a morte de Fat Family, os mega-assaltos, o garoto Ítalo, desvendado o caso Joaquim, o mistério da morte de MC Daleste, uma juíza como refém. Na fronteira assassinatos do ex-deputado federal Oscar Goldoni e do empresário e narcotraficante Jorge Rafaat Toumani, de 56 anos,em Pedro Juan Caballero (fronteira seca entre o Brasil e o Paraguai) foi uma ação cinematográfica com uso de armamentos antiaéreos e metralhadoras de uso exclusivo das Forças Armadas.

Política: o impeachment de Dilma, o Governo Temer, as eleições, Lula e a Lava-Jato, a cassação de Eduardo Cunha, a crise no Rio, a máfia da merenda, o caos da saúde, a queda do PT. A emissora enviou o jornalista Lile Corrêa à Brasilia que acompanhou as manifestações em Brasilia.

Economia: o medo do desemprego. Logo após perder a eleição o prefeito de Ponta Porã, Ludimar Novais demitiu todos os comissionados, inclusive os profissionais do Setor de Comunicação.

Esporte: os Jogos do Rio, a mentira de Lochte, o Brasil de Neymar.

Cultura: o recorde do filme Os Dez Mandamentos.

Internacional: a fúria do Estado Islâmico, o drama dos imigrantes, a vitória de Trump, o terremoto na Itália, o massacre na boate gay, a Síria em ruínas, a Venezuela no fundo do poço. O correspondente da Líder FM, Márcio Blanco em Roraima na fronteira com a Venezuela acompanha o drama dos venezuelanos.

Comportamento: a boa notícia, os ataques racistas, a pílula contra o câncer, o pavor do zika vírus, o bloqueio do WhatsApp, o atentado a Ana Hickmann, a morte de Domingos Montagner, a febre do Pokemon, as escolas ocupadas – entre elas a maior escola rural do Brasil no Distrito Nova Itamarati pelos estudantes da UPEr liderados pelo locutor Markon Machado, a vitória da vida (bebês que nasceram graças aos novos recursos da ciência), o Desafio Manequim.

A emissora transmitiu as sessões da Câmara Municipal de Ponta Porã direto do plenário Issac Borges Capilé, fez a cobertura das eleições 2016 que apontou a eleição do arquiteto Hélio Peluffo Filho prefeito de Ponta Porã e os novos 17 edis para Câmara de Ponta Porã. Neste ano Padre Reginaldo Manzotti completou um ano abençoando as famílias da fronteira através do Programa Evangelizar é preciso e fechou o ano sorteando 104 prêmios com a Promoção Natal Premiado.

Com uma programação diversificada mesclando música, informação e prêmios a emissora Líder conquista milhares de ouvintes diariamente através dos seus comunicadores: Antônio Morato, Luiz Lobato, Eder Rodrigues, Lelo Marques, Edevaldo Matosso, Padre Reginaldo Manzotti, Lile Corrêa, Ever Alexandre, Pastores Antônio Dias e Daniel, Wesley Paiva, Markon Machado, Natalia Cestari, Neco Dutra, Paulo Bernal, Léo Morato, Evanildo Bernal, Edinho Tiago, Porvinha Gonçalves e os correspondentes Sergio Botelho (Brasília), Cao Pereira (São Paulo), Benedito de Paula (Campo Grande), Claudio Severo (Campo Grande), Armando Loureiro (Bela Vista), Jonathan Torres (Sudoeste). Participações especiais:  Jornalista Pedro Zadyr, empresário Anderson Carpes.