Hélio quer parceria com governo estadual para garantir conservação de estradas

Nivalcir Almeida*

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, recebeu o diretor de manutenção da Agesul, José Marcio Mesquita, a gerente regional da Agesul, Suzana Lorenzon Wetters e o coordenador do Governo do estado para a região, Adir Teixeira.

Na reunião foram tratados detalhes da parceria envolvendo a Prefeitura de Ponta Porã e o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul para a realização de serviços de conservação das estradas no município.

Uma das prioridades é dar totais condições de tráfego no acesso à empresa Jotabasso, que sediará nos dias 25 e 26 de janeiro um dos mais importantes eventos do agronegócio brasileiro. Naquelas datas será realizada oficialmente, a abertura nacional da colheita da soja safra 2016/2017, com a presença de importantes autoridades federais e estaduais. A estrada beneficia uma grande quantidade de produtores rurais.

O prefeito Hélio Peluffo agradeceu o apoio do governador Reinaldo Azambuja neste momento em que a administração municipal enfrenta diversas dificuldades, especialmente no tocante à situação do maquinário. Enquanto a nova administração procura consertar as máquinas existentes (a maioria dos equipamentos encontra-se em péssimas condições de uso), a Agesul poderá oferecer apoio no atendimento às necessidades dos produtores rurais de Ponta Porã, uma vez que a colheita está chegando e a conservação das estradas torna-se fundamental para garantir o escoamento da safra.

“Ponta Porã é o segundo maior produtor de soja em Mato Grosso do Sul. Garantir as condições adequadas das estradas é fundamental para proporcionar aos produtores rurais a segurança no transporte dos grãos colhidos nas lavouras. Por isso quero agradecer ao governador Reinaldo Azambuja pelo apoio e disposição em proporcionar uma parceria com o Município de Ponta Porã com o objetivo de atender ao setor produtivo”, afirmou o prefeito Hélio Peluffo.

Legenda da foto: Lécio Aguilera

Prefeito Hélio Peluffo recebendo representantes da Agesul e do Governo do Estado.