ACESSO FÁCIL
Pesquisar
Close this search box.

Ponta Porã retorna como polo regional de turismo: um novo capítulo na governança regional

O município de Ponta Porã celebra seu retorno como Instância de Governança Regional (IGR) do Turismo, reafirmando seu protagonismo na região. Este marco destaca a importância estratégica de Ponta Porã na promoção e desenvolvimento do turismo, em parceria com diversos atores públicos e privados da região turística.

A IGR é uma organização essencial que coordena o programa de turismo em âmbito regional, integrando esforços de municípios componentes para fortalecer a economia turística. O Programa de Regionalização do Turismo trabalha de forma integrada, regionalizada e cooperada, e a reativação de Ponta Porã como polo regional marca o início de uma nova era para o turismo na região.

Os municípios de Antônio João, Laguna Caarapã, Aral Moreira, Amambai, Tacuru, Paranhos e Sete Quedas estão em alinhamento para fazer parte da região Caminhos da Fronteira. Esta colaboração regional é fundamental para explorar e potencializar as riquezas culturais, naturais e históricas de cada localidade, promovendo um turismo diversificado e sustentável que beneficia toda a comunidade.

Iniciando 2024 com uma série de visitas aos municípios do novo recorte territorial, a IGR visa entender e promover as particularidades de cada localidade. Além da dimensão territorial, o perfil socioeconômico, político e ambiental de cada município visitado oferece uma visão abrangente das potencialidades e desafios a serem enfrentados.

Entre as potencialidades regionais já existem estão os segmentos de turismo histórico-cultural, ecoturismo, turismo técnico-científico e turismo de eventos, que já possuem rotas em construções e ampliações. Além disso, o turismo de compras, principal responsável pelo fluxo turístico em Ponta Porã, possui um papel estratégico, para a oferta turística em toda região.

“Com o apoio da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FUNDTUR-MS), a meta é alcançar um desenvolvimento turístico robusto e sustentável na região conhecida como Caminhos da Fronteira. É importante destacar que trabalhamos dentro de uma segmentação afim de estruturar e construir rotas turísticas entre os municípios que compõe a Região do “Caminhos da Fronteira”, um exemplo disso é a “Rota dos Ervais”, que vem sendo construída em parceria com os municípios de Aral Moreira e Amambai” – destacou a Secretária Municipal de Desenvolvimento Regional, Indústria, Comércio e Turismo de Ponta Porã Walquiria Capusso.

A criação da IGR não teria sido possível sem a atuação dedicada da Agência de Desenvolvimento Regional Fronteiras da Inovação, que desempenhou um papel crucial na formalização desta organização. A colaboração entre as entidades envolvidas e a coordenação eficiente prometem impulsionar o turismo regional, trazendo benefícios econômicos, culturais e sociais para toda a comunidade.

Esta ação é mais uma entre outras importantes iniciativas, como o fortalecimento do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), a formulação do Plano Municipal de Turismo, a aprovação da legislação municipal para o setor, atividades de Educação Turística e o lançamento do Calendário Municipal de Eventos. Essas medidas reforçam o compromisso do Prefeito Dr. Eduardo Campos com o fomento da cadeia produtiva do turismo em Ponta Porã. O fortalecimento do turismo é crucial para o desenvolvimento econômico local, gerando empregos, promovendo a cultura e atraindo investimentos, consolidando Ponta Porã como um destino turístico de destaque.

Com o retorno de Ponta Porã como Instância de Governança Regional do Turismo, a região se prepara para um futuro promissor, onde o turismo desempenhará um papel central na promoção do desenvolvimento regional e na valorização das riquezas culturais e naturais dos municípios envolvidos.

* Diretoria de Comunicação

 

COMPARTILHE AGORA MESMO