Sistema de saúde está em colapso, diz secretário de MS no dia em que estado bate recorde de casos: 3.043

Por G1 MS

Secretário de Saúde de MS, Geraldo Resende — Foto: Redes Sociais/Reprodução

Secretário de Saúde de MS, Geraldo Resende — Foto: Redes Sociais/Reprodução

Mato Grosso do Sul registrou 3.043 casos novos de Covid-19 nesta quarta-feira (9). É o maior número de confirmações em 24 horas de toda a pandemia, segundo a secretaria estadual de Saúde (SES).

Com isso, o total de infectados com o coronavírus no estado chegou a 307.349 e a média móvel a 1.785,1 contaminados por dia, nos últimos 7 dias.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou nesta quarta que Mato Grosso do Sul vivencia uma tragédia, com o sistema de saúde em colapso.

Ele comentou que os bons resultados que o estado teve anteriormente, nos mais de 500 dias de enfrentamento a doença, acabaram gerando uma falsa sensação de que a pandemia estava controlada, o que não é verdade. “A pandemia não acabou e não vai acabar agora”, pontuou.

Resende disse que o estado não tem mais leitos de terapia intensiva (UTI) disponíveis e não tem mais como ampliar a estrutura, por falta de profissionais e de espaço nos hospitais. Com esse quadro, relatou que o “remédio” neste momento é contar com a solidariedade de outros estados, que se ofereceram para receber os pacientes de Mato Grosso do Sul.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!