Vereadores debatem falta de segurança e convidam para audiência de prestação de contas

A sessão ordinária de 23 de fevereiro, na Câmara Municipal de Ponta Porã, foi marcada por debates em torno de dois temas que estão preocupando bastante a população: a geração de empregos e a falta de segurança.

Os vereadores se revezaram na Tribuna para expor situações preocupantes como o aumento no índice de roubos e assaltos registrados nos últimos dias. Os estabelecimentos comerciais localizados nos bairros se tornaram alvo dos ladrões e isso tem preocupado bastante a população que reclama junto às autoridades. Entre os primeiros que recebem as reclamações estão os vereadores.

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, Rafael Modesto, informou que os 17 vereadores estão atentos e têm cobrado soluções para o problema. Entre as ações desenvolvidas pelos parlamentares está a cobrança junto à Polícia Militar para que seja reforçado o policiamento preventivo, especialmente nos locais de maior movimentação de pessoas, como os estabelecimentos comerciais. A Guarda Civil Municipal de Fronteira também tem sido acionada pelos vereadores.

Os parlamenetares também debateram uma situação que está gerando reclamações entr emoradores dos bairros onde existem unidades de saúde que, momentaneamente, foram desativadas porque passam por reformas e ampliações. Os parlamentares disse que estãor ecebendo reclamações da população que está precisando se deslocar para outras unidades que ficam distantes dos bairros em que mora.

Os 17 vereadores estão atentos a esta situação e cobram da Prefeitura, em especial à Secretaria de Saúde, a aplicação de medias que possam diminuir os transtornos para queles que precisam dos atendimentos nas unidades de saúde.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

O presidente da Câmara Municipal, Rafael Modesto, aproveito a sessão para fazer um convite à população de Ponta Porã, para acompanhar a realização da audiência pública de prestação de contas dos poderes Executivo, Legislativo e o Instituto de Previdência Social do Município, Previporã. A audiência é correspondente à prestação das contas referentes ao 3º quadrimestre do ano de 2020.

O presidente da Casa de Leis informou que a realização da audiência atende uma determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal, sendo um momento em que a população toma ciência do que está sendo feito com o dinheiro público em nível municipal. Qualquer cidadão ou cidadã pode inclusive fazer questionamentos na audiência pública, em que estarão presentes representantes dos dois poderes (Executivo e Legislativo) bem como da diretoria do Previporã para repassar as informações.

A audiência pública é organizada pela Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da Câmara Municipal. A comissão é presidida pelo vereador Farid Afif, tendo como vice-presidente o vereador Edinho Quintana e relator o vereador Waldecir Fernandes. A audiência pública será realizada a partir das 8 horas e 30 minutos do dia 25 de fevereiro, próxima quinta-feira.

Legendas das fotos:

Mesa Diretora da Câmara Municipal que coordenou os trabalhos na sessão ordinária de 23 de fevereiro.

Vereadores debateram na sessão, vários temas que geram preocupação aos moradores de Ponta Porã, como a falta de segurança.

COMPARTILHE AGORA MESMO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
COMENTE AGORA MESMO!